O aeroporto de Bruxelas poderá oferecer nada menos que 175 destinos aos seus passageiros durante o verão, de acordo com o aeroporto em seu site. As medidas de segurança no aeroporto permanecem inalteradas. Juntamente com o requisito de teste que se aplica a quase todos os destinos, isso torna o aeroporto um lugar particularmente seguro para começar suas férias. 95% dos passageiros que partem carregam um certificado de teste PCR negativo. 

Viaje sem preocupações pelo Aeroporto de Bruxelas 

Para quem não vai ao aeroporto há algum tempo: o ambiente será igualmente familiar, mas tudo parecerá um pouco diferente. Por exemplo, a sinalização e os adesivos necessários foram aplicados para lembrar os passageiros das medidas da Covid. As máscaras faciais são necessárias para proteger você e outras pessoas. Se você precisar de um certificado de teste negativo antes da partida, há um Centro de Testes em frente ao salão de embarque, onde você pode fazer o teste antes de sua viagem. Dezenas de dispensadores de gel para as mãos estão disponíveis em todo o terminal do aeroporto. O acesso ao terminal é limitado a passageiros e funcionários.

Menos visível é que, desde o início da crise, a ventilação do aeroporto foi ajustada de acordo com os regulamentos mais recentes, o ar é constantemente renovado e há medições regulares da qualidade do ar. A combinação de todas essas medidas e o fato de que 95% dos passageiros que partem são testados no Covid-19 torna o aeroporto um ambiente muito seguro, mesmo em horários de maior movimento, quando a distância social pode se tornar um desafio. Para responder ao aumento gradativo do número de passageiros nos próximos meses, serão criadas áreas de espera adicionais fora do terminal do aeroporto, para os horários de maior movimento do check-in. As tendas serão montadas para isso nos próximos dias. Eles não serão necessários imediatamente, mas isso prepara o aeroporto para um número maior de passageiros.

7 novos destinos e 9 novas rotas 

A rede de Aeroporto de Bruxelas expandido gradualmente para nada menos que 175 destinos, oferecidos por 51 companhias aéreas. Além disso, 6 novos destinos para os meses de verão. Bari (Itália) para a Brussels Airlines, Pula (Croácia), Karpathos (Grécia), Suceava (Romênia) e Tetouan (Marrocos) para a TUI fly e Cluj (Romênia) para a Blue Air. Em outubro, Maurício também será adicionado pela Air Belgium. E para alguns destinos, as opções são ainda mais ampliadas. Por exemplo, eles dão as boas-vindas ao SkyExpress no aeroporto de Bruxelas, que voará para Atenas. A Turkish Airlines agora também oferece Antalya como destino.

A Brussels Airlines está adicionando Bordéus, Tânger, Al Hoceima, Nador e Frankfurt à sua rede. A TUI voa também para Larnaca (Chipre) e a Aegean Airlines para Salónica. E não existe apenas uma grande variedade de destinos na Europa. Também intercontinental já existe uma variedade de destinos disponíveis na América do Norte. As companhias aéreas com a rede mais extensa do Aeroporto de Bruxelas são a Brussels Airlines com 78 destinos, 17 dos quais intercontinentais. A TUI voa com 75 destinos, 6 dos quais intercontinentais. E a Ryanair com 18 destinos.

Foto acima: EQRoy / Shutterstock.com

Leia também: Viajar para países europeus de férias permanece desaconselhável 

BlaBlaBla
Imprimir amigável, PDF e e-mail