Imprimir amigável, PDF e e-mail
Imagem Pitane

O povo holandês escolheu isto, o gabinete Wilders está a chegar!

O novo acordo-quadro 2024-2028, intitulado “Esperança, Coragem e Orgulho”, lançado pelo PVV, VVD, NSC e BBB, lança uma luz ambiciosa sobre o futuro da mobilidade holandesa. Este documento político promete grandes mudanças e melhorias em diversas áreas, desde a construção de novas linhas ferroviárias até tornar a frota de veículos mais sustentável. Aqui está uma análise das iniciativas mais notáveis ​​e seu impacto potencial em nossas experiências diárias de viagem.

Um dos projetos mais marcantes é a continuação da construção do Lelylijn, uma ligação crucial que terá início em Groningen, dependendo da viabilidade técnica. Este projecto não é apenas um impulso para a economia do Norte, mas também um reforço da infra-estrutura ferroviária nacional que promete ligações contínuas com o resto da Europa.

O transporte ferroviário internacional também receberá um impulso, reduzindo as barreiras para novos participantes no mercado. Com uma proposta de transporte ferroviário transfronteiriço que liga cinco estações ferroviárias, incluindo Hengelo, Venlo, Heerlen, Groningen e Zwolle, a linhas internacionais de alta velocidade, os Países Baixos estão a tomar medidas no sentido de uma rede ferroviária europeia mais integrada.

Além disso, a acessibilidade do campo está a ser abordada através do reforço do transporte de autocarro entre os centros das aldeias. Este é um passo importante para tornar as zonas rurais mais acessíveis, o que contribui para a qualidade de vida e para as economias locais.

(O texto continua abaixo da foto)
Frans Timmermans

O líder da oposição Frans Timmermans (GroenLinks-PvdA) chama o acordo principal do PVV, VVD, NSC e BBB de 'desastroso para a Holanda'. "É um dia negro."

A segurança nos transportes públicos receberá um impulso importante com o destacamento de mais agentes especiais de investigação (boas) em comboios e autocarros, aos quais serão atribuídos poderes mais alargados. Experimentos também estão sendo conduzidos com câmeras corporais para condutores principais, embora isso esteja sendo introduzido de forma voluntária.

Leia também  Cargos ministeriais: Mark Harbers se despede da política em Haia

No que diz respeito à aviação, a ênfase está na melhoria da protecção jurídica dos residentes locais no que diz respeito à poluição sonora, mantendo simultaneamente a qualidade da rede de Schiphol. O futuro da aviação também parece mais verde, com planos para aeronaves mais silenciosas e limpas.

A tarefa de manutenção das infra-estruturas existentes continua a ser uma prioridade, com o objectivo de manter a qualidade básica das estradas, vias navegáveis ​​e da rede de transportes públicos. Isto também inclui uma revisão de 17 projetos pausados, incluindo melhorias na A1/A30 e A67, bem como nas eclusas de Volkerak e Kreekrak.

A inovação não fica para trás; a sustentabilidade da frota automóvel continuará com incentivos à condução elétrica, dando os condutores elétricos um justo contributo para a sustentabilidade financeira desta política.

Dit esboço do acordo mostra um compromisso claro em melhorar e modernizar a mobilidade holandesa. Os próximos anos prometem ser transformadores, com uma vasta gama de iniciativas que mudarão a forma como os holandeses viajam.

A Aliança para a Mobilidade vê pontos de partida no acordo de coligação apresentado na quinta-feira para melhorar a acessibilidade da região e da cidade, mas também apela a mais ambição e uma visão de longo prazo.

Para o Aliança da Mobilidade Este acordo é um bom começo para tarefas importantes como a abertura de habitação, manutenção e expansão da infra-estrutura. Ao mesmo tempo, é necessário mais para resolver os problemas. A tarefa de manutenção da infra-estrutura principal e das redes subjacentes, por si só, exige investimentos adicionais significativos. De acordo com a representação de organizações líderes, se quisermos também acomodar o crescimento populacional e tornar a habitação acessível, ao mesmo tempo que tornamos a nossa mobilidade sustentável e acessível para o cidadão, precisamos de políticas adicionais, ritmo e mais recursos. 

Leia também  Inovação Hyperloop: equipe Delft apresenta mudança de trilhos para trem mais rápido do mundo
(O texto continua abaixo da foto)
InnoTrans

“Estou satisfeito que seja dada grande atenção à ferrovia no acordo de linhas principais. Isso também é necessário, porque o transporte ferroviário oferece soluções para problemas importantes do nosso tempo."

Esses planos, bem-vindo do gestor ferroviário ProRail, enfatizam o papel essencial do tráfego ferroviário na promoção da acessibilidade nacional e no enfrentamento dos atuais desafios sociais.

John Voppen, CEO da ProRail, expressou sua satisfação com o papel proeminente do transporte ferroviário no acordo. Segundo Voppen, esse foco não é apenas bem-vindo, mas também necessário: ​​“As ferrovias oferecem soluções para problemas importantes do nosso tempo”, afirma Voppen. Salienta a importância de uma abordagem inclusiva em que, além do transporte de passageiros, deve ser dada atenção suficiente também ao transporte ferroviário de mercadorias. Com uma visão optimista, aguarda com expectativa a colaboração entre as várias partes interessadas para manter os Países Baixos acessíveis e móveis.

SUBSCRIÇÃO
Artigos relacionados:
Pitane Alexandria