Imprimir amigável, PDF e e-mail
Imagem Pitane

A Mpact, importante fornecedora da empresa de compartilhamento de carros Cambio, foi recentemente vítima de um ataque de ransomware.

A informação foi confirmada por Cambio à agência de notícias Belga na sexta-feira. A Polícia Federal já iniciou uma investigação sobre o incidente. A Mpact, anteriormente conhecida como Taxistop, tem como foco fornecer soluções de mobilidade para pessoas com deficiência ou baixa renda e também presta diversos serviços à Cambio, como telefonia e partes de contabilidade.

Van Tom Alleman Mudança Flandres indicaram que o impacto nos utilizadores foi relativamente limitado, embora não tenham sido fornecidos detalhes concretos sobre as consequências exatas. “Nosso call center agora está facilmente acessível novamente”, diz Alleman. Ele explicou que apenas o servidor do Mpact foi afetado pelo ataque, deixando os sistemas do Cambio inalterados. Como medida temporária, o Mpact está usando uma solução provisória até que seu servidor esteja totalmente operacional novamente.

Um aviso aos visitantes do site Cambio. “Devido a problemas no servidor, é difícil entrar em contato com a central de atendimento por telefone. Leve em consideração possíveis tempos de espera mais longos. Pedimos desculpas pelo inconveniente”, diz a mensagem. Apesar destes problemas, os serviços da Cambio continuam disponíveis em mais de 80 cidades e municípios da Flandres e o grupo de utilizadores está em constante crescimento.

(O texto continua abaixo da foto)
Mudar
Foto: © Pitane Blue - Cambio

A Mpact desenvolve e oferece diversos serviços, incluindo Carpool, MobiCalendar, Minder Mobielen Centrales, house sitting e house exchange. Estes serviços destinam-se a tornar a mobilidade mais acessível a diferentes grupos-alvo. Uma das subsidiárias da Mpact é a Cambio, que tem como foco o compartilhamento de carros. O Mpact pretende integrar os seus serviços de mobilidade com outros modos de transporte, como o transporte público, através de nós multimodais (mobipoints) e Mobilidade como Serviço (Olympus Mobility).

Leia também  Câmara Municipal: mais recursos para monitorizar o transporte de grupos-alvo

O ataque destaca mais uma vez a importância da segurança cibernética para as empresas que dependem de infraestrutura digital. Os ataques de ransomware tornaram-se cada vez mais comuns nos últimos anos, com criminosos mantendo sistemas como reféns e exigindo resgates para restaurar o acesso. Empresas como a Mpact, que prestam serviços críticos a uma vasta gama de utilizadores, poderão sofrer graves perturbações devido a tais ataques.

Ainda não está claro como os invasores obtiveram acesso aos sistemas de Impacto e se um resgate foi exigido. A Polícia Federal ainda não divulgou mais detalhes sobre a investigação em andamento. O incidente levanta questões sobre as medidas de segurança que as empresas adotam para se protegerem contra ameaças cibernéticas e como respondem em caso de ataque.

Os ataques a empresas como a Mpact mostram como é importante ter protocolos de segurança e planos de contingência robustos. Além disso, sublinham a necessidade de cooperação entre empresas e autoridades para combater eficazmente o cibercrime e prevenir futuros incidentes.

SUBSCRIÇÃO
Artigos relacionados:
Chiron